Blog da RDTI

Segurança online e informações médicas: Os americanos se sentem seguros?

A empresa Survey Monkey© de pesquisas online preocupa-se com a disponibilização de informações médicas em seus questionários e investe em segurança.
Entre hackers e programas governamentais de vigilância, a segurança online é um assunto que chama atenção. Enquanto trabalhávamos na nosso novo HIPAA (Health Insurance Portability and Accountability Act – Lei da Portabilidade e Prestação de Contas em Seguro-Saúde), nós perguntamos a 300 pessoas através da SurveyMonkey sobre suas opiniões a respeito de privacidade online e sua disposição em colocar informações médicas privadas na internet. Aqui está o que aprendemos:

 gráfico1_surveymonkey
Puxa! Mais de 88% dos americanos estão pelo menos moderadamente preocupados com a segurança de suas informações pessoais online.
Também descobrimos que 86% dos respondentes disseram estar moderadamente confiantes (ou menos) que suas informações pessoais são mantidas a salvo quando entram online.
Mas as pessoas se sentem mais seguras quando falamos sobre sites e aplicativos sobre cuidados médicos?

gráfico2_surveymonkey

Apenas 60% das pessoas estão moderadamente confortáveis ou mais em colocar informações pessoais em sites ou aplicativos médicos. Mas mesmo que as pessoas estejam cautelosos ao inserir informações médicas na internet, mais de 80% disseram que acreditam ser conveniente guardar e compartilhar suas informações online.
Um dos objetivos da HIPAA é aumentar a segurança das informações médicas dos pacientes. Mas as pessoas sabem sobre a HIPAA? E eles acham que está funcionando?

 gráfico3_surveymonkey
De acordo com os resultados de nossa pesquisa, muitas pessoas estão cientes da HIPAA e a maioria acredita ser efetivo!
Dentro da década passada, a distinção entre nossas vidas off e online se tornou cada vez mais incerta. Nosso uso da internet fez muitas transações mais convenientes e amigáveis. No futuro, achar maneiras de prover cuidados mais eficientes e mais seguros será um grande jeito de manter os pacientes felizes.